Destaque

Jogada da Aneel prejudica geração de energia solar para beneficiar distribuidoras

A serviço das distribuidoras de energia, a “agência reguladora” Aneel vai golpear quem investiu em geração de energia solar. Em “consulta pública”, a Aneel finge submeter a “debate” o que já está decidido: taxar consumidores que acreditaram na seriedade das suas decisões e investiram em sistemas de geração solar. Já são 120.000 instalados no País. O golpe objetiva criar um faturamento extra para as poderosas distribuidoras, encarecendo e desestimulando o uso de energia solar.

Com a mudança vergonhosa, o consumidor passará a pagar pelo uso da rede da distribuidora e até pelos encargos cobrados na conta de luz.

A alegação cínica é que, hoje, a distribuidora devolve “praticamente sem custos” a energia que o consumidor gera a mais durante o dia.

O argumento falacioso esconde que a distribuidora também recebe “praticamente sem custo” a energia gerada pelo consumidor.

Nos últimos 7 anos, a geração solar distribuída gerou mais de 40.000 empregos. Bom motivo para a Polícia Federal ficar de olho na armação.

Fonte: Diáriodopoder.

Anúncios
Destaque

Marco Aurélio declara guerra, ao vivo, a Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Luiz Fux

O ministro Marco Aurélio Mello aproveitou o início do julgamento que pode libertar todos os condenados em 2ª instância presos para declarar guerra contra o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, o vice, ministro Luiz Fux, e o ministro Gilmar Mendes.

Durante o resumo do caso a ser julgado, Marco Aurélio acusou os três de exercerem a presidência do STF de forma “totalitária e autoritária”. Segundo o ministro, Toffoli aguardou o fim do segundo semestre do Judiciário para revogar liminar concedida no âmbito da Ação Declaratória de Constitucionalidade 54, uma das analisadas no julgamento iniciado nesta tarde, e do mandado de segurança que determinava o voto aberto para as eleições da Mesa Diretora do Senado, contrariando o regimento interno de outro Poder.

“O presidente é coordenador e não superior hierárquico dos pares. Coordena, simplesmente coordena os trabalhos do colegiado. Fora isso, é desconhecer a ordem jurídica, a constituição federal, as leis e o regimento interno”, disse Marco Aurélio encarando Toffoli.

O ministro ressaltou, entretanto, que a prática não é inédita. Em dezembro de 2009, lembrou Marco Aurélio, o então presidente, ministro Gilmar Mendes, sustou os efeitos de decisão liminar no caso do menino Sean Goldman, permitindo que o americano pai da criança o levasse para os EUA.

As críticas contra Fux se deveram à suspensão da liminar que autorizava as entrevistas de Lula na prisão. A liminar havia sido concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski, mas o partido Novo pediu a suspensão dos efeitos. Em setembro de 2018, Fux decidiu que Lula não poderia conceder entrevistas, mas a proibição durou pouco.

Fonte: Diáriodopoder.

PSD realiza dia 26 evento de pré-lançamento da candidatura de David Vincensi à prefeito

Destaque

O PSD de Rio Brilhante realiza no próximo dia 26 de outubro às 9 horas na câmara municipal, o evento de lançamento da pré-candidatura à prefeito do empresário e produtor rural David Vincensi.

O evento vai contar com a presença da cúpula do PSD no estado, além da presença de outros políticos que foram convidados e já confirmaram presença. É o primeiro evento que o partido realiza no município, com a clara finalidade de confirmar a intenção da sigla em ter candidatura própria para o pleito municipal.

Enquanto alguns continuam fazendo política de maneira rasteira e torcendo para que o município não prospere, David tem buscado fortalecer seu nome, propondo idéias, sem ataques à possíveis adversários, pelo contrário até o momento é o pré-candidato com maior apoio declarado de partidos, e no momento conta três vereadores apoiando seu projeto, além de contar com inúmeros pré-candidatos à vereador.

Além de apoio dentro de Rio Brilhante, para viabilizar sua candidatura ao cargo de prefeito, o empresário já tem o apoio dos deputados Londres Machado, Fábio Trad, Neno Razuk, Felipe Orro e do senador Nelsinho Trad, e mais outras lideranças partidárias, como o presidente do PTB no estado, Delcídio do Amaral, que em entrevista à uma rádio local na semana passada declarou abertamente que o partido apoiará o projeto encabeçado por David.

Na mesma proporção em que cresce o apoio à um novo projeto político, também crescem os ataques à pessoa de David, quase que semanalmente pessoas ligadas à grupos políticos que pensam em disputar as eleições, e que imaginam que dominam a cena política local, tentam de todas as formas desconstruir a imagem do empresário que há mais de 40 anos mora em Rio Brilhante, e gera emprego e renda.

Destaque

Joni Machado vai realizar evento em prol do Hospital de Rio Brilhante

O presidente da Abrisem, Joni Machado, vem buscando parcerias para realizar no próximo dia 3 de novembro, um almoço beneficente em prol do Hospital de Rio Brilhante, que vem passando por sérios problemas.

Segundo Joni, toda arrecadação será destinada a compra de macas, cadeiras de rodas, cadeiras e medicamentos.

Para o evento alguns parceiros vêm realizando contribuições que vão permitir que o almoço tenha um custo simbólico de R$15, e quem comparecer vai poder desfrutar de música ao vivo, com o Gerson Sanfoneiro e também com pratas da casa.

O evento é realizado há vários anos, porém, esta é a primeira vez que a destinação de recursos será revertida ao hospital.

Em favor do evento, que ao final será benéfico para toda sociedade, Joni vem tendo apoio de empresários, políticos e demais seguimentos da sociedade. Na semana passada esteve na Assembleia Legislativa, onde conseguiu o apoio do deputado Londres Machado.

Destaque

Marquinho do Fera faz a festa das crianças

Enquanto o poder público parece estar à margem do que acontece com Rio Brilhante, a iniciativa privada se mostra sensível e atuante.

Durante a comemoração do dia das crianças milhares de picolés foram entregues em todos os bairros da cidade e também no distrito de Prudêncio Thomas. De iniciativa própria e com a ajuda de amigos e familiares, Marcos Almeida de Souza, (O Marquinho do Fera) realizou neste ano, a quarta entrega de picolés para comemorar o dia das crianças.

A distribuição teve início no período da manhã em Prudêncio Thomas, e prosseguiu por toda a tarde e início da noite nos bairros de Rio Brilhante.

Enquanto muitos precisam de holofotes para mostrar serviço, Marcos demonstra que uma sociedade melhor, se constrói com ações que visam o interesse comum. Para muitos apenas um picolé, porém, para todos que foram agraciados com a doce lembrança do dia das crianças, fica a lição de que em cada um de nós mora uma criança cheia de sonhos.

Além da ação de entregas de picolés, Marcos participa de várias ações de cunho social, e mantém parcerias com clubes e entidades filantrópicas. A empresa Fera, é a principal incentivadora das ações por ele realizadas, sem vínculos políticos.

Destaque

Bolsonaro está preocupado com as eleições para prefeito

Jair Bolsonaro mostra-se preocupado com a falta de planejamento do PSL para as eleições municipais de 2021. “Vamos começar campanha para prefeito, sem o partido dizer a que veio.”

Para o presidente da República, o PSL “tem que se acertar”. “Cada estado tem que ter um comandante. Tem que se organizar, ter um compliance. Investir fundo partidário.”

“A gente está bem politicamente. A gente pode fazer muitos prefeitos. Mas alguns da liderança não estão enxergando isso. Ficam olhando para o próprio umbigo. O partido pega um pouco mais de R$ 8 milhões por mês. Pelo que sei, posso estar equivocado, nem todos os diretórios recebem isso todo mês. Como fica para 2020 as eleições municipais? Alguns espertalhões queimam a largada. A tendência é não dar certo.”

Questionado sobre o movimento conservador que busca refundar o PSL, Bolsonaro diz o seguinte: “Vários parlamentares discutiram ontem e hoje uma espécie de refundação do partido, um novo estatuto bem claro. Você deve me acompanhar… Eu não quero mandar no partido. Quero ajudar o Brasil.”

O presidente ressalta que o PSL é hoje “um partido rico”, com acesso ao fundo partidário e mais de 100 cargos na Câmara. “Dá para fazer uma estrutura partidária enorme com esses cargos, com fundo partidário, com tempo de televisão.”

“A bancada é coisa pra burro. Tem que deixar a vaidade de lado, a arrogância, a petulância de alguns… É só anular isso daí. Não existe prazer maior que ver o meu partido votando coisa séria, todo mundo se comunicando, conversando. A gente quer o bem do país. Não podemos entrar numa linha de ser um partido que já tem alguns hábitos. Temos excelentes parlamentares… mas não é tanto os parlamentares, é a Executiva que tem que mostrar que é diferente.”

Bolsonaro lembra que a cúpula do PSL impôs os líderes na Câmara e no Senado, sem consultar a base. “Como foi eleito o líder na Câmara? E no Senado.? Teve eleição? Não teve. O foco de atrito começa com eles. Por que não teve eleição? Essas reclamações são reclamações simples. Dá para resolver, dá para compor.”

O presidente alerta ainda que, por ocasião da janela partidária, o partido pode crescer ainda mais. Mas é preciso resgatar as pautas de campanha, o patriotismo, a defesa da família, do porte de armas. “Hoje a bandeira está a meio pau. A gente não quer nada além disso, servir o nosso país.”

Fonte: Oantagonista.