Moro é aconselhado a desistir e buscar foro privilegiado como deputado

Um novo argumento de aliados do ex-juiz: além do TCU, seja Lula ou Bolsonaro presidente ele será perseguido.

Além do péssimo desempenho nas pesquisas eleitorais, a falta de apoio em seu próprio partido e a dificuldade de juntar aliados e alavancar recursos foi apresentada a Sergio Moro, do Podemos, mais uma razão para abandonar sua candidatura à Presidência da República.

Moro foi aconselhado por aliados a abandonar sua natimorta candidatura e garantir um mandato eleitoral como deputado federal para ter assegurado o foro privilegiado.

A ofensiva do Tribunal de Contas da União (TCU),e agora da Procuradoria-Geral da República (PGR), sobre seu trabalho prestado a Alvarez & Marsal é um dos argumentos.

Seja num eventual governo Lula ou num novo mandato de Jair Bolsonaro, a observação feita a Moro e que ele estará correndo riscos. Os dois favoritos a vencer o pleito são desafetos pesados de Moro.

Fonte: Metrópoles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s