EDUARDO LEITE RECUA E DEVE DISPUTAR GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite deve abandonar as pretensões nacionais nas eleições deste ano. Depois de intensas articulações – seu nome chegou ser ventilado como pré-candidato do PSDB à Presidência e até mesmo vice uma composição do partido com MBD, União Brasil e Cidadania –, o líder gaúcho disse a interlocutores que deve entrar na disputa pelo Palácio Piratini. As informações são do blog do jornalista Gerson Camarotti.

Na semana passada, Eduardo Leite dava indícios de que estava desistindo do projeto nacional ao lançar uma carta defendendo o nome do ex-governador de São Paulo João Doria como candidato do PSDB. “Eu e Doria precisamos um do outro para estarmos mais fortes e unidos para enfrentar a campanha mais importante da história recente do país, independentemente do lugar que ele e eu estejamos ocupando no período eleitoral”, disse no documento.

Em março deste ano, Eduardo Leite foi derrotado por João Doria nas prévias do PSDB para escolha do candidato do partido à Presidência, mas o gaúcho parecia obstinado a alcançar voos maiores. Seu nome chegou a ser cotado como candidato do PSD de Gilberto Kassab à Presidência, mas as negociações não avançaram. Depois, Eduardo Leite renunciou o governo do Rio Grande do Sul sinalizando que poderia entrar na disputa pela vaga de Doria no partido.

Fonte: Congresso em foco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s