Em troca de mensagens com caminhoneiro, Tarcísio diz apoiar greve

Em conversa com líder grevista, ministro da Infraestrutura disse apoiar uma possível greve geral dos profissionais contra aumento no diesel.

Em uma conversa via WhatsApp com um dos líderes da greve dos caminhoneiros de 2018, Wanderlei Alves conhecido como “Dedeco”, o ministro da InfraestruturaTarcísio de Freitas, manifestou apoio a uma possível greve geral dos profissionais.

Em entrevista à coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo, Dedeco afirmou que entrou em contato com o ministro após ler, em uma reportagem do mesmo veículo, que Freitas dizia não ver risco de greve de caminhoneiros. E mostrou as mensagens no WhatsApp.

Durante a troca de mensagens, Tarcísio afirmou achar “muito correto” que os caminhoneiros parem de fazer entregas para forçar que embarcadores e transportadores repassem aos fretes o custo do aumento do diesel.

Fonte: Metrópoles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s