RIO BRILHANTE: MANIFESTANTES QUE FORAM À BRASÍLIA SERÃO COLOCADOS EM QUARENTENA

Um grupo de manifestantes que esteve no último fim de semana em Brasília participando das manifestações em apoio aos atos do governo do presidente Bolsonaro, será colocado em quarentena, como medida de prevenção ao combate da covid 19. De acordo com informações repassadas ao site Enfoque Político, as pessoas que participaram do evento, por conta da aglomeração a que se submeteram, ficarão isoladas por um período e serão submetidas ao teste para detecção do novo coronavirus.

Atualmente 406 estão em isolamento por conta da doença que já matou 41 pessoas de acordo com dados da secretaria de saúde, e de acordo com o boletim informativo sobre a doença, este é um dos piores momentos pelo qual o município passa desde que o combate a doença começou, pois 15 pessoas estão na U.T.I em estado grave, e outras 19 estão na enfermaria, enquanto aguardam por um leito.

A medida de prevenção adotada pelo executivo municipal, foi muito cobrada nas redes sociais, desde que os manifestantes começaram a postar fotos em meio a aglomeração, muitos não fizeram questão de usar máscaras. De acordo com informações da prefeitura, os manifestantes serão identificados pela secretaria de saúde, e serão informados das medidas a serem cumpridas nos próximos dias. Caso alguns dos manifestantes descumpram as medidas, podem ser multados por desobediência ao decreto municipal, bem como, serem processados com base no artigo 267 do Código Penal, que prevê como conduta criminosa disseminar ou expor outrem ao contágio de doenças.

O município se encontra na fase vermelha do decreto estadual em razão do aumento de casos da covid nos últimos dias, e na última semana registrou 2 mortes, e a quantidade de casos que vem sendo registradas diariamente preocupa as autoridades sanitárias. Nesse domingo 69 pessoas foram atendidas com os sintomas da doença, no setor de tratamento da covid, e 20 foram colocadas em isolamento. Por enquanto, a administração não cogita fechar o comércio, no entanto o prefeito informou na semana passada por meio de uma Live, que se os números continuarem a subir, será forçado a tomar uma medida mais drástica, visto que tem sido frequente as denúncias de festas e aglomerações nesse período em que está em vigor o decreto com o toque de recolher as 20 horas.

Bolsonaro rebate STF, usa helicóptero da Presidência para sobrevoar ato de  apoio e participa de aglomeração em meio a pandemia | Política | G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s