URGENTE: STF forma maioria para importação de vacinas sem aval da Anvisa

O Supremo, em votação no plenário virtual, formou maioria para manter a liminar de Ricardo Lewandowski que autorizou estados e municípios a comprarem vacinas internacionais mesmo sem registro na Anvisa.

Em sua liminar, concedida em dezembro, Lewandowski garantiu a importação direta, caso a Anvisa não aprove o imunizante em 72 horas, após solicitação dos fabricantes.

A medida, claro, só vale para vacinas que tenham registro (aprovação para uso em larga escala) nas agências sanitárias dos EUA, da Europa, do Japão e da China.

URGENTE: STF forma maioria para importação de vacinas sem aval da Anvisa

Fonte: Oantagonista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s