Em parceria com Estado, Geraldo entrega motoniveladoras para 13 municípios de MS

Os municípios de Amambai, Batayporã, Caarapó, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Itaporã, Jardim, Japorã, Maracaju, Naviraí, Rio Brilhante, Três Lagoas, São Gabriel do Oeste e Ivinhema serão beneficiados, nesta segunda-feira (22) com a entrega de motoniveladoras que serão utilizadas em ações de apoio aos agricultores familiares e para a conservação e manutenção de estradas vicinais, conservação do solo e água e na construção de terraços em nível.

A entrega acontecerá às 10 horas, no Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer (CEPAER), com a presença do governador Reinaldo Azambuja, deputado federal licenciado (atual secretário estadual de Saúde) Geraldo Resende e secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, bem como dos prefeitos dos municípios beneficiados.

No total, 28 máquinas serão entregues nesta segunda-feira, sendo que 23 foram adquiridas por meio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) para atender 44 municípios do Estado, beneficiando diretamente um total de 39 mil famílias que vivem da agricultura familiar no Estado. Outras cinco máquinas compradas com recursos próprios da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos).Máquinas foram adquiridas a um custo unitário de R$ 499.975,00 cada.

Dezesseis motoniveladoras serão destinadas às prefeituras municipais e voltadas para a assistência aos pequenos agricultores, assentados e comunidades indígenas e quilombolas. Também receberão as máquinas, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), o COINTA (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio Taquari) e o CIDEMA (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento das Bacias dos Rios Miranda e Apa).

Recursos

As motoniveladoras foram adquiridas com recursos próprios do Governo do Estado e por meio de emendas parlamentares liberadas via Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O investimento total é no valor de R$ 13.999.300,00, sendo R$ 6.840.671,10 de recursos do MAPA em emendas parlamentares, mais R$ 7.158.628,90 de contrapartida e recursos próprios do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Das emendas parlamentares, R$ 6.499.675,00 foram indicadas pelo então deputado federal Geraldo Resende, contemplado treze municípios: Amambai, Batayporã, Caarapó, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Itaporã, Jardim, Japorã, Maracaju, Naviraí, Rio Brilhante e Três Lagoas. R$ 3.999.800,00 são oriundos emenda do senador Nelson Trad Filho, que serão distribuídas da seguinte forma: cinco máquinas para Agesul, uma para o CIDEMA, uma para o COINTA e uma para o município de Nioaque.

Outra emenda, de R$ 499.975,00 foi indicada pelo deputado federal Luis Ovando, contemplando o município de São Gabriel do Oeste; e R$ 499.975,00 são oriundos de emenda de bancada da então deputada Tereza Cristina contemplando o município de Ivinhema.

Adquiridas pelo valor de R$ 499.975,00 cada, as máquinas foram compradas da empresa Shark Máquinas para Construção LTDA New Holland/RG140B. Possuem as seguintes características técnicas: tipo patrola, zero km, de fabricação nacional ou Mercosul, possui chassi articulado, motor a diesel turbo, seis cilindros, potência líquida mínima de 140 HP, cabine fechada com ar condicionado, transmissão de no mínimo seis marchas a frente e três a ré, peso bruto mínimo de 14.500 kg, equipada com lâmina e escarificador compatível com o equipamento. As máquinas têm telemetria via satélite, GSM ou WiFi; Requisito: equipada com lâmina padrão no comprimento mínimo de 3,6 m; escarificador compatível com o equipamento; riper traseiro com o mínimo 5 dentes/unhas; Peso operacional: máximo de 17,6 toneladas; Pneus: mínimo de 17,5 x 25 16 L L3, sem câmara.

Disponibilizadas para apoio aos agricultores familiares e para a conservação e manutenção de estradas vicinais, conservação do solo e água e na construção de terraços em nível, as motoniveladoras são demandas recorrentes dos prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios de Mato Grosso do Sul. Com a rica produção que sai das propriedades rurais, por meio de estradas vicinais, as corretas manutenções dessas estradas, bem como o apoio aos agricultores familiares, garantem mais qualidade no transporte, menos desperdício, melhor manejo e mais renda para os produtores.

Segundo Geraldo Resende a demanda por essas máquinas são recorrentes dos prefeitos, vereadores e lideranças. “Nossa rica produção sai das propriedades rurais por meio de estradas vicinais. A correta manutenção dessas estradas, bem como o apoio aos agricultores familiares, garantem mais qualidade no transporte, menos desperdício, melhor manejo e mais renda para os produtores”, salienta.

Fonte: Assessoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s