Lira dá ultimato a bolsonaristas: ou muda indicação de Bia Kicis, ou partido perde CCJ

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), já trabalha pela condução da deputada Margarete Coelho (PP) para o comando da CCJ da Câmara. A articulação é uma resposta à repercussão negativa da indicação de Bia Kicis (PSL) para o colegiado.

Lira disse aos deputados do PSL que o partido quebrou o acordo sobre a indicação para a CCJ. O PSL teria a primazia na indicação, porém o cargo deveria ser ocupado por um deputado considerado mais moderado.

O nome de Bia foi rechaçado por Lira e por outros líderes. O receio é que a condução dela à CCJ acirre os ânimos com o STF. A ala bolsonarista, do outro lado, quer manter a indicação de Bia Kicis para CCJ.

Por essa razão, Lira deu um ultimato à bancada do PSL: ou apresenta um outro nome ou o partido perderá o comando da CCJ. “Tudo que a Câmara não precisa agora é criar confusão com outros poderes”, resumiu um importante aliado de Lira em caráter reservado a O Antagonista.

Lira dá ultimato a bolsonaristas: ou muda indicação de Bia Kicis, ou partido perde CCJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s