RIO BRILHANTE: VEREADORES E PREFEITO DISCUTEM VETO À PROJETO QUE PODE GERAR PREJUÍZO R$1,6 MILHÃO AO MUNICÍPIO

Os trabalhos da Câmara Municipal de vereadores de Rio Brilhante, devem ser retomados nesta segunda-feira, 1, de fevereiro. Além das proposituras e indicações de cada parlamentar, que foram propostos durante o período de recesso, pode estar na pauta desta primeira sessão o veto do prefeito Lucas Foroni, à um projeto do vereador Nô, que foi aprovado pela câmara no ano de 2020, que perdoava a dívida de alguns contribuintes com o IPTU.

Esta semana o prefeito se reuniu com os vereadores e comunicou as razões pelos quais estaria vetando o projeto apresentado pelo parlamentar da bancada do DEM. Um dos motivos, é que em meio à uma crise de saúde e econômica, tal projeto se sancionado pelo executivo, traria aos cofres públicos um prejuízo de cerca de R$1,6 milhão.

Confirmado pelo executivo, o veto ao projeto que já foi aprovado pela legislatura anterior, o projeto é encaminhado à Câmara de vereadores, e colocado em votação. Se o veto for mantido, o projeto perde sua validade, e caso o veto do prefeito seja derrubado pelos vereadores, o chefe do executivo é informado da decisão dos vereadores, e em seguida deve sanciona-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s