Candidatos pedem recontagem dos votos

Um grupo pedido de cerca de 20 candidatos de diversos partidos políticos protocolaram um de impugnação e recontagem dos votos na tarde desta terça-feira (17). O pedido administrativo feito ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE / MS), alegando desrespeito ao princípio da publicidade e transparência.

De acordo com o candidato Gil Amaral (Republicanos), articulador da peça há evidências de fraude nas anteriores deste ano. “Quando chegou nos 44% deu uma pane e ficamos duas horas sem informações. No retorno, foram computados todos os votos. Eu estava em primeiro no meu partido; não cai final para 11º. Então, bateu o desespero neles, e jogaram por proporcionalidade o restante dos votos ”, explica ele, sem dar indícios nem provas que corroborem a acusação.

“Fomos ao TRE porque queremos saber onde está nosso voto”, questiona o candidato incrédulo com a apuração oficial. O resultado oficial do TRE aponta Gil Amaral com 347 votos totais.

Apesar das reclamações, o advogado especializado em Justiça Eleitoral Valeriano Fontoura é categórico ao afirma que “não vê o motivo para o pedido”.

“Para que o ofício seja aceito e a eleição impugnada, o autor do pedido precisa provar a fraude”, explica o especialista. “O grupo precisa ser mais objetivo, mostrar onde aconteceu uma fraude, qual o processo que ocasionou o vício, se houve vício, caso contrário, não há possibilidade”.

Segundo ele, o processo eleitoral já prevê problemas como esses candidatos desgostosos com o resultado da eleição e tenta fazer tudo às claras.

“Os candidatos, partidos e coligações têm acesso aos locais de votação assim que a eleição é encerrada. Eles podem acompanhar o fechamento da seção e ter acesso aos comprovantes de votação ”, elucida.

Dr. Valeriano Fontoura reassegura que “sem a devida fundamentação o ato pode cair em descrédito”.

Problemas

As navegadas 2020 conhecidas marcadas por um atraso no sistema de processamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

De acordo com o presidente, Ministro Luís Roberto Barroso, um problema em um dos indicados do supercomputador foi responsável pela demora na contagem dos votos. 

Com isso, o resultado levou cerca de duas horas para ser computado devido ao congestionamento gerado pela falha. 

Fonte: Correiodoestado.



Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: