Bolsonaro faz piada homofóbica com guaraná no Maranhão; políticos reagem

A bancada do Maranhão no Congresso Nacional e o governador Flávio Dino (PCdoB) condenaram declarações do presidente Jair Bolsonaro em viagem ao estado nesta quinta-feira, dia 29 de outubro.

Bolsonaro fez uma piada homofóbica ao se referir aos maranhenses e a um refrigerante de cor rosa.

“Agora virei boiola, igual maranhense, é isso? [risos] O guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná vira maranhense [risos]. Guaraná cor-de-rosa no Maranhão… Que boiolagem isso aqui”, disse Bolsonaro.

O Guaraná Jesus é um refrigerante tradicional, tipicamente maranhense e um símbolo do estado. A fala de Bolsonaro foi transmitida em uma “live”, por volta de 12 horas, em uma rede social do presidente. Bolsonaro repetiu a brincadeira mais de uma vez.

Nas imagens, que repercutiram nas redes sociais, o presidente aparece ao lado de apoiadores e não usa máscara. O item é obrigatório por decreto estadual desde maio.

No ano passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que a homofobia e a transfobia podem ser enquadradas no crime de racismo.

O governador Flávio Dino disse que vai processar o presidente. Numa rede social ele declarou:

“Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro e fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais.”

Os deputados do Maranhão Rubens Pereira Junior e Márcio Jerry, ambos do PCdoB, e Bira do Pindaré (PSB) ressaltaram o desrespeito aos maranhenses e repudiaram a postura homofóbica do presidente.

Parlamentares de outros estados também criticaram a declaração de Bolsonaro.

O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que o presidente disparou ódio contra gays, nordestinos e maranhenses como se fosse uma brincadeira.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) disse que Bolsonaro foi ao Maranhão para espalhar homofobia. O partido disse que também vai processar o presidente.

O PDT no Senado ressaltou que a piada tem teor preconceituoso.

Bolsonaro visitou o Maranhão para participar da entrega de obras do governo federal, dentre as quais um trecho da rodovia BR-135, em Bacabeira, e do “panelodrómo”, um complexo gastronômico de culinária popular em Imperatriz, segunda maior cidade do estado.

Fonte: Douradosnews.



Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: