Carlos Decotelli pede, e Bolsonaro aceita, demissão do Ministério da Educação

O ministro da Educação, Carlos Decotelli, pediu demissão durante reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto na tarde desta terça (30). Em um encontro rápido, o ministro apresentou carta de demissão, prontamente aceita por Bolsonaro.

Logo depois da nomeação, Decotelli se viu envolvido em uma enorme polêmica acerca das informações colocadas seu currículo.

Ele teve desmentidas pelas próprias instituições de ensino várias graduações como o doutorado na Universidade de Rosário, na Argentina, o pós-doutorado na Universidade de Wuppertal, na Alemanha, além da atuação como professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Fonte: Diariodopoder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.