Razuk acusa Resende de promoção com lives sobre coronavírus e aliados reagem

O deputado estadual Neno Razuk (PTB) reclamou nesta terça-feira (19) do secretário de Saúde, Geraldo Resende de estar fazendo as lives de apresentação de números de casos com coronavírus para se promover politicamente. Em sua fala, ele até pediu para Resende deixar o cargo, porém, aliados falaram sobre o bom trabalho que o titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde) tem feito durante a pandemia da Covid-19.

Razuk é um dos integrantes da comissão especial constituída para acompanhar as medidas tomadas pelo Executivo no combate à pandemia e reclamou que até hoje, a comissão não recebeu nenhuma informação da SES sobre as ações desenvolvidas. “O secretário só passa relatório de casos e nenhuma ação efetiva, isso é muito preocupante. O descaso relacionado a nossa comissão é enorme, não é informada de nenhum ato do governo”.

O deputado afirmou ter protocolado requerimento em 16 de abril solicitando informações à SES a respeito de ações de combate nas aldeias com prazo de 5 dias devido a urgência da pandemia e não recebeu nenhuma resposta. “No momento, não tinha nenhum caso indígena e era pouco caso no Estado, agora já são 30 casos na aldeia de Dourados”.

Neno Razuk acusou Resende de fazer lives usando a página do Governo para campanha política e esquece das aldeias indígenas. “Geraldo só pensa primeiro em política e deixa de lado a população. Agora que aumentou os números de contaminados, ele joga pros prefeitos, nossa comissão só serve pra receber relatório. O prefeito de Jardim pediu a exoneração de Geraldo do cargo, por favor, volte a ser deputado federal, Geraldo Resende”, disse.

Pedro Kemp (PT) se disse preocupado com o avanço de casos no Estado e que também faz parte da comissão. “Até agora não recebemos um relatório, não tem informação do governo sobre quais estão sendo as providências adotadas pelo secretário e governo para enfrentar pandemia. Os casos estão a galope e aumentando muito e o que vejo é que os pacientes estão sendo transferidos para Campo Grande, essa vai ser a política do governo?”, questionou. 

João Henrique Catan (PL) defendeu Resende dizendo que ele não pode abdicar ou ser exonerado do cargo. “Ele é o melhor secretário do Brasil, falo isso baseado nos poucos casos que temos no Estado. O secretário tem se saído muito bem”.

Lídio Lopes (Patriota), também elogiou Geraldo Resende. “Ele vem fazendo bom trabalho, ele levou respirador para o interior e alguns prefeitos negaram receber dizendo ser presente de grego. Isso é um equívoco com o secretário que vem fazendo um bom trabalho”.

Londres Machado (PSD) disse ser “injusta levantar essa polêmica falando do secretário, ele tem relacionamento forte com os prefeitos. É injustiça, ele é bom político e médico competente, temos que apoiá-lo e não dividirmos”.

Fonte: Midiamax.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.